quinta-feira, 23 de dezembro de 2010

"Um dia de salto 7, outro de sandália havaiana."

”E, de qualquer forma,

às cegas,

às tontas,

tenho feito o que acredito,

do jeito talvez torto que sei fazer”





C. F. A.

quarta-feira, 22 de dezembro de 2010


"Eu nunca gostei da matemática, das contas.


Contas são exatas e os números se bastam por si só.


Não há dúvidas, não há erro.


O que é certo é certo, o que não está certo, é errado.


A matemática e suas exatidões me cansam.


Eu prefiro o mistério das letras,


a incerteza das palavras e a beleza das poesias.


Palavras não se somam, se completam!"

segunda-feira, 15 de novembro de 2010

sexta-feira, 12 de novembro de 2010

Neuroses de uma vestibulanda de medicina....




“Não me chamem para sair”,"Não quero saber de ouvir ninguém!”  
e entre outras coisas mais, estão sendo minhas frases nos 
últimos dias. Infelizmente(ou não),estou sendo uma pouco 
egoísta nos últimos meses. Conversas rápidas ao telefone 
com minhas amigas, blog desatualizado fazem parte do
 sacrificio. Afinal eu estudo pela manhã, a tarde e a noite no
 cursinho ! O café e os livros viraram meus companheiros 
nesse último ano...
Meu dia tem ficado curto com tantas coisas a serem feitas.
Mas acho que o sacrifício vai valer a pena
assim como o stress,
 crises de choro e dores de cabeça do tormento que
 é necessário, chamado vestibular.

De tudo sobre o vestibular estarei atento
Antes, e com tal empenho, e sempre, e tanto
Que mesmo em face do maior encanto
De estudar, acharei meu conhecimento.
Não quero viver em vão esse momento
E sim com louvor conquistar meu canto
E rir todo riso e até derramar algum pranto
Ao se pensar nas saudações de contentamento.

E assim, quando mais tarde me encontre
Quem sabe o vestibular, angústia de quem vive
Quem sabe a aprovação, fim de quem estuda.
Eu possa lhe dizer do ano que tive:
Que não seja imortal, posto que eu passe
Mas que seja produtivo enquanto dure.



Só escrevi este post para me distrair um pouco e me livrar
 da tensão!
Agora vou nessa porque eu tenho que estudar.



Beijos e Boa sorte para todos os vestibulandos.
Corra atrás de suas nozes!

Levante-se e seja

Tudo o que você sonhou...

O Ministério da Saúde adverte:

Estudar demais para o vestibular pode causar danos IRREVERSÍVEIS aos neurônios.

Quer uma prova? Então, segue:
Dom Casmurro é um protozoário, que se envolveu com Capitu, uma onda mecânica perturbadora. Seu filho Ezequiel tinha ideais iluministas.
Jacinto sempre com seu dilema: “to be or not to be?”. Ao chegar ao campo, virou um barão do café. 
Por Martim ser um hidrocarboneto e Iracema uma flexão verbal, seu amor era impossível. Mesmo assim, nasceu Moacir, um verbo modal.
Alberto Caeiro é um polígono côncavo, com idéias convexas.
O Parvo e os 4 Cavaleiros encontram-se muito indignados com o capitalismo desenfreado que tomou conta da sociedade.
Tinha uma mitocôndria no caminho de Drummond. E agora, José… de Alencar?
Sinhá Vitória está muito insatistfeita com sua massa. Enquanto isso, Baleia não entende os conflitos no Oriente Médio.
Ligações iônicas fortíssimas uniam o Frade à Florença.
Todos eles se encontrarão para uma confraternização ao final do ano num barzinho chamado Fuvest. Ele é muito badalado e só freqüentado por orações subordinadas substantivas objetivas diretas, triângulos isósceles, meridianos, logaritmos e planos inclinados dos mais influentes.

sábado, 12 de junho de 2010



 

"Não é que o mundo seja só ruim e triste. É que as pequenas notícias não saem nos grandes jornais. Quando uma pena flutua no ar por oito segundos, ou a menina abraça o seu melhor amigo, nenhum jornalista escreve a respeito. Só os poetas o fazem."
[Rita Apoena]


quarta-feira, 19 de maio de 2010

Né?


Você acha que eu sou louca?
- Hum, acho que sim. Você é louca, louquinha, mas vou te contar um segredo: as melhores pessoas são!"


Tim Burton - Alice In The Wonderland

domingo, 9 de maio de 2010

Los Hermanos



1. e tira o som dessa TV pra gente conversar - Alem Do Que Se Vê
2. É bom, às vezes, se perder sem ter porque, sem ter razão – adeus você
3. em ti eu consigo encontrar um caminho, um motivo, um lugar pra eu poder repousar meu amor – fingi na hora de rir
4. não me importo em ver a idade em mim – o velho e o moço
5. Quem sabe o que é ter e perder alguém? – Quem sabe
6. Faço o melhor que sou capaz Só pra viver em paz – O vencedor
7. Eu só aceito a condição de ter você só pra mim.- Sentimental
8. Todo dia ainda de pé o Zé dorme acordado – Todo carnaval tem seu fim

- - - - - Minhas Interpretações - - - - -

1. A TV ligada dispersa sempre a atenção, e tem gente que não se desliga na hora de conversar.
2. imagina você, cheio de coisas para fazer e do nada aparece a liberdade, você se deixar levar pelo jeito livre de viver e ser.
3. Quando encontramos a pessoa certa percebemos que no abraço, no beijo, no carinho dela é que podemos ter refugio de todos os problemas.
4. isso é uma coisa muito mais das mulheres, que não gostam de dizer a idade, mas eu não acho ruim, vai de cada um.
5. fala a verdade se não é uma dor incurável? Como dói perder alguém
6. a gente tem todas as ferramentas para poder viver tranqüilo e assim caminhar, depende só de nós, eu faço de tudo para isso.
7. Ter alguém pela metade não rola, tem que ser dado por inteiro, principalmente no quesito amor.
8. Uma via de dois gumes. Você pode ser um sonhador, que onde está está com o pensamento longe, ou ser aquele cara cansado, que mesmo no ônibus lotado consegue cochilar.
Los Hermanos

sexta-feira, 30 de abril de 2010

NO ÔNIBUS COM DEUS



É quando todas as luzes se apagam que ela chega. Aproxima-se lentamente roubando o sono ou sugando lágrimas. A frustração é umA companhia ruim.

É quando ninguém nos vê que descobrimos quem realmente somos, quando não precisamos nos auto afirmar ou ter vergonha de sofrer, já que não há ninguém ali.
Há algum tempo atrás, estive lendo livros demais, chorando demais e dormindo e me alimentando de menos.

Quem nunca sofreu uma grande perda ou nunca sonhou alto não sabe do que eu possa estar falando agora. Mas você que já sentiu na pele o que é desejar muito e receber um grande não, ou construir um castelo e vê-lo ruir bem ali na ponta do nariz, compreende muito bem as minhas simples palavras.
Tentando desesperadamente combater alguma coisa dentro de mim, me erguer e por em pé com toda minha força, porém sem sucesso algum.

Então um dia, dentro de um ônibus, com a visão embaçada, não sei se pela chuva ou pelas lagrimas teimosas que tentavam escapar por trás dos meus óculos, eu ouvi algo no meu Mp4 player, uma canção única e traduzindo do inglês, ela dizia assim:

Quando você faz o seu melhor, mas não tem sucesso
Quando você tem o que quer, mas não o que precisa
Quando você se sente tão cansado, mas não consegue dormir
Preso ao contrário

E quando as lágrimas escorrem pelo seu rosto
Quando você perde algo que não pode substituir
Quando você ama alguém, mas não dá certo
Poderia ser pior?

Luzes vão te guiar para casa
E incendiar seus ossos
E eu vou tentar te consertar

Eu não sei se você pode, mas eu posso ouvir Deus cantando isso pra mim. Eu posso ver Deus tentando fazer aquilo que eu não posso, chegando a lugares escondidos que eu mesma desconheço.

A musica Fix You ( Cold play) me fez lembrar que não depende de mim, mas sim Dele. Ele consertará os meus caminhos e me fará andar em paz.


( Esse blog não tem objetivo de falar apenas de questões espirituais, mas eu precisava postar isso. Comente!)

quinta-feira, 29 de abril de 2010



"Amanhã fico triste… amanhã!
Hoje não… Hoje fico alegre!
E todos os dias, por mais amargos que sejam, eu digo: Amanhã fico triste, hoje não…”


(Poema encontrado na parede de um dos dormitórios de crianças do campo de extermínio nazista de Auschwitz)


Virou uma espécie de mantra...e está funcionando! 

quarta-feira, 28 de abril de 2010

Sobre o amor


Maravilha pra se ler em uma quarta-feira, e ter esperanças que esse mundo ainda tem jeito.
Definição de amor para crianças de 4 a 8 anos
Pesquisa realizada por pedagogos nos Estados Unidos. 

Amor é quando alguém te magoa, e você, mesmo muito magoado, não grita, porque sabe que isso fere seus sentimentos.
MATHEW, 6 ANOS
*** Esse aprendeu cedo, a sofrer***Quando minha avó pegou reumatismo, ela não podia se debruçar para pintar as unhas dos dedos do pé. Meu avô, desde então, pinta as unhas para ela. Mesmo  ele tendo artrite.
REBECCA, 8 ANOS
*** Oh que lindo***Amor é quando uma menina coloca perfume e o menino coloca loção pós-barba, e eles saem juntos e se cheiram.
KARL, 5 ANOS
***E é melhor que cheiro de torta de maça com canela***

Eu sei que minha irmã mais velha me ama, porque ela me dá todas as suas roupas velhas e tem que sair para comprar outras.
LAUREN, 4 ANOS
***Iludida, tadinha***Amor é como uma velhinha e um velhinho que ainda são muito amigos, mesmo conhecendo há muito tempo.
TOMMY, 6 ANOS
*** Adorei, viu, a gente ainda vai ser amigo, quando estivermos tomando chá aos 70 anos***Quando alguém te ama, a forma de falar seu nome é diferente.
BILLY, 4 ANOS
*** Verdade***

Amor é quando você sai para comer e oferece suas batatinhas fritas, sem esperar que a outra pessoa te ofereça as batatinhas dela.
CHRISSY, 6 ANOS
***A mais profunda, com certeza***

Amor é o que está com a gente no Natal, quando você pára de abrir os presentes e o escuta.
BOBBY, 5 ANOS
***Deve ser amor mesmo***

Se você quer aprender a amar melhor, você deve começar com um amigo que você não gosta.
NIKKA 6 ANOS.
***Sábia***Quando você fala para alguém algo ruim sobre você mesmo e sente medo que essa pessoa não venha a te amar por causa disso, aí você se surpreende, já que não só continuam te amando, como agora te amam mais ainda.
SAMANTHA, 7 ANOS
***Isso acontece, amor é mesmo uma coisa irracional***

Há dois tipos de amor, o nosso amor e o amor de Deus, mas o amor de Deus junta os dois.
JENNY, 4 ANOS
***Amém***

*Amor é quando a mamãe vê o papai suado e mal cheiroso e ainda fala que ele é mais bonito que o Robert Redford.
CHRIS, 8 ANOS
*** É amor é mesmo verdadeiro, a nossa pessoinha é mais linda que 10 Brad Pitts,Depps, Dicaprios Junto***

*Durante a minha apresentação de piano, eu vi meu pai na platéia me acenando e sorrindo. Era a única pessoa fazendo isso e eu não sentia medo.
CINDY, 8 ANOS
*** Bonitinho***

*
Amor é quando você fala para um garoto que linda camisa ele está vestindo e ele a veste todo dia.
NOELLE, 7 ANOS
*** Adorei, a mais romântica de todas***
*Não deveríamos dizer eu te amo a não ser quando realmente o sintamos. E se sentimos, então deveríamos expressá-lo muitas vezes. As pessoas esquecem de dizê-lo.
JESSICA, 8 ANOS
*** Essa criança, sabe muito, todo mundo deveria seguir esse conselho***


*Amor é se abraçar, amor é se beijar, amor é dizer não.



PATTY, 8 ANOS
***Verdade, amar é também dizer não, viu Lia, tem que aprender com a Patty!***

*Amor é quando seu cachorro lambe sua cara, mesmo depois que você deixa ele sozinho o dia inteiro.
MARY ANN, 4 ANOS
*** Incondicional, eu diria***

*Quando você ama alguém, seus olhos sobem e descem e pequenas estrelas saem de você.
KAREN, 7 ANOS
***poetiza***

*Deus poderia ter dito palavras mágicas para que os pregos caíssem do crucifixo, mas ele não disse isso. Isso é amor.
MAX, 5 ANOS 
*** O mais sublime***

Achei a coisa mais fofa do mundo, lendo, me deu esperanças!

quarta-feira, 10 de março de 2010

domingo, 7 de março de 2010

São tempos difíceis para os sonhadores...


".. o desejo de ingerência de Raymond Dufayel é intolerável.
se Amelie prefere viver no sonho e
ser uma moça introvertida é direito dela.
Pois estragar a própria vida é um direito inalienável."


(no filme O fabuloso destino de Amelie Poulain)  

sexta-feira, 5 de março de 2010

Corações só se partem de verdade uma única vez, o resto são apenas arranhões...







- E você, meu amigo galvanizado, você quer um coração. Você não sabe o quão sortudo és por não ter um. Corações nunca serão práticos enquanto não forem feitos para não se partirem.

 [Frank Baum -O Mágico de Oz]

Entre meio termos...



"Não sinto nada mais ou menos, ou eu gosto ou não gosto. Não sei sentir em doses homeopáticas. Preciso e gosto de intensidade, mesmo que ela seja ilusória e se não for assim, prefiro que não seja.
Não me apetece viver histórias medíocres, paixões não correspondidas e pessoas água com açúcar. Não sei brincar e ser café com leite. Só quero na minha vida gente que transpire adrenalina de alguma forma, que tenha coragem suficiente pra me dizer o que sente antes, durante e depois ou que invente boas estórias caso não possa vivê-las. Porque eu acho sempre muitas coisas - porque tenho uma mente fértil e delirante - e porque posso achar errado - e ter que me desculpar - e detesto pedir desculpas embora o faça sem dificuldade se me provarem que eu estraguei tudo achando o que não devia.
Quero grandes histórias e estórias; quero o amor e o ódio; quero o mais, o demais ou o nada. Não me importa o que é de verdade ou o que é mentira, mas tem que me convencer, extrair o máximo do meu prazer e me fazer crêr que é para sempre quando eu digo convicto que "nada é para sempre."

(Gabriel Garcia Marquez)

...




        Hoje eu acordei, me senti linda. Agradeci por não ter acordado neurótica, por ser assim mesmo ou porque meu irmão abriu a janela e saiu correndo. Gostei da cor da arte correndo por meu sangue. Fiquei feliz por a tpm ter passado, meu cabelo estar bem humorado, pelas minhas espinhas terem sumido e por me olhar no espelho e ter a certeza de que sou minha, de mais ninguém.
       Fiquei me olhando e comecei a rir. A liberdade é engraçada! Para mim, ela significa sair de mim mesma, sentir o que eu não sentiria todo dia. É deixar essa vida monótona que nos persegue e correr para o que realmente a vida é. Não me lembro do que fiz ontem a noite no computador, mas me lembro exatamente do que fiz a tarde inteira com minhas amigas. Ter liberdade é poder sentir.
      Sentir a própria existência é incrível .. Tão incrível que, a partir de hoje eu vou pegar aquele colar que foi comprado para usar uma única vez na vida e colocar no pescoço. Vou fazer isso só porque tive vontade! Afinal, essa ''uma vez na vida'' pode ser ''nenhuma''. E, eu existo. Quero acreditar no hoje e o mínimo possível no amanhã .

domingo, 21 de fevereiro de 2010

uma poeta inspirada em coca-cola...






Eu vou pintar um nariz de palhaço pra rir da minha própria desgraça.
Me maquiar até esconder as olheiras que resultam das noites e dias que não durmo.
Rosar minha face artificialmente e camuflar a falta de vida e os dias em que não como.

Eu vou rir um sorriso frio, pra que ninguém me pergunte o que eu tenho.
Vou cantar uma música alegre pra enganar aos que me odeiam.
Vou comprar um perfume caro pra que não percebam o cheiro podre que exala de dentro.

Vou me vestir como a moça da TV, sendo alguém que não sou, demonstrando algo que nunca senti.
Nos pés o salto pra me sentir maior e acima de tudo isso.

Eu vou comprar o mundo, vou colocar um novo objeto no lugar de alguém que tenha ido.
Vou pentear os meus cabelos e usar neles o melhor e mais perfumado óleo que encontrar, pra que meus pensamentos não escapem. Pra que minha cabeça se contenha em carregar fios tão lindos que não me traga mais lembrança alguma.

Eu vou estudar 17 horas por dia, dormir e comer no que restar.
Me esconder dessa gente, me infiltrar mais em mim.
Penetrar no que eu sou e me permitir morrer lentamente.

Comprar remédios controlados pra acordar e viver. E debaixo de todos os cosméticos, dinheiro e marcas eu me escondo como em baixo de uma gaveta, eu me esqueço até não saber mais qual será o meu nome.

Qual é mesmo o meu nome?
"Sorri vai mentindo a sua dor
E ao notar que tu sorris
Todo mundo irá supor
Que és feliz"